todos os fatos, novidades e destemperamentos que eu queria comentar com mais de 5 pessoas mas tive preguiça de ligar.

5.11.09

biografia I


Depois de sua terceira volta ao mundo, do sétimo ano de viagem, da vigésima quinta amante e da trigésima infecção intestinal, Enrico Nuñez estava cansado. Decidiu que, a partir do próximo momento que pisasse no lugar onde um dia foi sua casa, ao invés de tentar desesperadamente fazer parte do mundo, faria o mundo fazer parte dele, agora de uma vez por todas.

Cansado de rodar ao contrário da rotação da Terra (insistia em dizer que isso o rejuvenescia), cansado de não entender as estações do ano, com medo das doenças venéreas globais e de perder sua capacidade digestiva, Enrico queria parar. Como sabia que todas as lembranças não durariam mais de 10 anos: as fotos clareiam, os suvenires quebram e as memórias somem; ele agora ia se tornar seu próprio mundo, e tornar da sua auto-exploração a próxima atividade de ócio (e de vida).

Para não sofrer tanto de saudade e não se perder nessa transição do macro para o micro, Nuñez, que não era gordo, ia se dividir em fatias como os homens fizeram com a Terra. O homem escolhido para o trabalho de início não apoiou a empreitada, mas, como bom tatuador que era, enfim entendeu a proposta e garantiu a qualidade do serviço. Enrico teria trópicos: o do ártico na altura do pescoço, o de câncer nos braços, o equador na cintura, o de capricórnio acima dos joelhos e o antártico nos tornozelos.

Pois bem. Enrico se tatuou, depois vendeu seu barco e voltou pro seu sítio na bahia, casou, teve dois filhos, pratica taichi e vende café orgânico numa feira de ilhéus, todo domingo.

4 comentários:

Lagartoleta. disse...

hahahaha
Vc tá demais, hein, crucru.
O mais comum é o oposto, né? Fiel ao trabalho decide abandonar tudo e seguir rumo a todos os trópicos possíveis.
Enrico moderninho tá de parabéns :D

~* Ana Voiss disse...

enrico é tipo um universo paralelo meu ?

ou seu ? :~

Suicyco disse...

Demais esse texto.
Faz um desenho pra mim depois?
Enrico do Ybiti Nuñez

Suicyco disse...

melhor...Me dá esse do Enrico Nuñez?
hein hein